midiautoria

Midiautoria é um espaço para se falar sobre ser autor em uma sociedade midiatizada. Sentidos circulam nos/ por intermédio de diversos instrumentos tecnolingüísticos, constituindo efeitos de sentidos. Pensar, aqui, sobre as materialidades e suas potencialidades para um processo de autoria, que implica sempre heterogeneidade, acaba por nos colocar no movimento de ser autor.

Nome:

Doutora em Educação e estudiosa na área de tecnologia, em uma perspectiva discursiva.

24.7.07

Fórum Conhecimento e Tecnologia da Informação

“Natureza e tecnologias: gestão e divulgação de conhecimentos”

Unicamp/ Auditório BC/ 9 de agosto de 2007

8:45 - Abertura do evento
Fernando Costa (representante CGU)
Luiz Cortez (representante CORI)
Jorge Tápia (representante COCEN)
Vera Regina Toledo Camargo (coordenadora do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade – Nudecri)
Eni Orlandi (coordenadora do Laberub/ Nudecri)
Telma Domingues da Silva (organizadora)

9:00 - “Conhecimento científico, conhecimento tradicional e políticas públicas”
Palestrantes: Antonio Carlos Diegues (Nupaub/USP), Eni Orlandi (Labeurb/Unicamp) e Teresa Cristina Moreira (MMA)
Coordenadora da mesa: Telma Domingues da Silva

10:30 – Intervalo

10:45 – “Exploração e consumo da Floresta Tropical: recursos genéticos e rituais xamânicos”
Palestrantes: Maíra Bueno (IFCH) e Homero Martins (INCRA)
Debatedor: Mauro Almeida (IFCH)

12:00 – Almoço

14:00 - Circulação de conhecimento e o manejo dos recursos naturais
Palestrantes: Dauro Marcos do Prado (representante das comunidades caiçaras na Comissão de Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais), Telma Domingues da Silva (Labeurb/ Unicamp) e Alpina Begossi (Nepam/Unicamp)
Debatedora: Regina Müller

15:45 – Intervalo

16:15 - “Divulgação científica e meio ambiente: entre a escola e os meios de comunicação”
Palestrantes: Antonio Carlos Rodrigues de Amorim (Olho/FE/Unicamp) e Martha Marandino (FE/USP)
Debatedor: Rafael Evangelista (Labjor/ Unicamp)

RESUMO DO EVENTO:
O Fórum “Natureza e tecnologias: gestão e divulgação de conhecimentos” aborda a distinção entre conhecimento científico e conhecimento tradicional para uma discussão do papel da Universidade nas políticas ambientais públicas. A noção de “população tradicional” difunde-se associada à temática da preservação da biodiversidade, no contexto histórico da globalização. Afirma-se, nessas condições, a necessidade de “preservação” da diversidade biológica e de reconhecimento da diversidade cultural como patrimônios, não mais nacionais, mas da humanidade. O Fórum propõe a discussão de aspectos que envolvem a produção e a difusão de conhecimentos sobre o meio ambiente, tendo em vista compreender o jogo de forças que atua nesse âmbito, na direção de uma crítica sobre noções e distinções presentes na política ambiental, e em que medida são ou não sustentadas pelo conhecimento produzido na Universidade.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home